Série Online de Taoismo

Entendendo as Transformações

Aula 02

Para onde Você está indo?

Alguns anos atrás, um sacerdote da nossa tradição estava em viagem, com o objetivo de conhecer uma gruta onde viveu um grande mestre de meditação.

 

Perto dessa gruta estavam alguns monges jovens, com média de 13 anos de idade. 

 

Nosso sacerdote passou pelos monges e os cumprimentou com grande entusiasmo. Logo em seguida entrou na gruta para visitar o local onde havia vivido esse mestre.

 

Ela não sabe dizer quanto tempo passou dentro da gruta, pois iniciou uma pequena meditação após a visita padrão na gruta. Ele disse que sentiu uma tranquilidade e muito respeito durante a prática.

 

Ainda desfrutando dos efeitos da prática de meditação, o sacerdote saiu da gruta em silêncio e passou pelos jovens monges, que fizeram a seguinte pergunta em inglês:

 

Para onde você está indo? 

 

Saindo do seu estado meditativo, o sacerdote explicou que estava retornando para o mosteiro onde estava hospedado. Um dos monges repetiu a pergunta: "Mas você está indo para onde?"

 

- Vou para o mosteiro hoje e amanhã retornarei ao Brasil.

 

Outro monge perguntou novamente: "para onde você está indo?"

 

O nosso sacerdote ficou desconcertado e não sabia mais como explicar, daí iniciou uma caminhada e respondeu de forma que fosse a última vez.

 

- Vou para o Brasil, pois moro naquele país.

Virou as costas e inciou uma caminhada mais apressada, para sair daquela situação.

 

Foi quando ele ouviu a pergunta que modificou a sua mente:

"Mesmo morando no Brasil, para onde você está verdadeiramente indo ?"

Nosso sacerdote não soube nos dizer se foi o fato de ter meditado na gruta do mestre ou por estar de costas e poder ouvir a essência da pergunta, mas a sua mente se abriu e ele começou a lembrar de momentos importantes, pessoas marcantes em sua vida, frases que ele ouvira ao longo da história, questionamentos sobre o seu legado, sobre suas obras e sobre seu futuro.

 

Sua mente havia expandido e não havia mais diferença entre o que ele havia vivido e o que ele teria de experiência em seu futuro. Ele estava vendo  e sentindo a história da sua própria história.

Ainda entorpecido pelo efeito da pergunta, virou novamente para os monges e com profunda sinceridade, reverenciou-os em agradecimento pelo aprendizado.

Essa sensação permaneceu por alguns dias e mesmo nos dias de hoje, quando ele relembra o momento, conta que ainda pode ativar a sensação de gratidão pelos jovens monges.

"Para onde Você verdadeiramente está indo?"

Essa é a questão mais consultada em todos os oráculos; a pergunta mais ouvida pelos mestres e gurus; é o ponto crucial para a maioria das pessoas; o motivo de muitas peregrinações, retiros, orações, rituais e terapias.

Se todos soubessem o caminho, a transformação de cada um seria muito mais fácil.

 

Dentro da Tradição Taoista não é diferente; muitos mestres utilizavam oráculos para

para direcionar o caminho e facilitar a caminhada.

De todos os oráculos taoistas, o mais conhecido é o I Ching 

 

Base da antiga filosofia e cultura chinesa, o I Ching (Yi Jing) se desenvolveu na China durante milênios, criando a base original do Taoismo: 

Mesmo vivendo 100 anos, não teríamos Tempo

para realizarmos todos os nossos sonhos

Quando perdemos o momento exato de uma mudança, sentimos que algo se torna repetitivo, gerando um caminho que não nos pertence mais. Podemos perceber isso  pelos sintomas mais comuns, como discussão o tempo todo, desrespeito pelo estilo de vida ou do espaço pessoal do outro. Mas tudo isso corresponde ao tempo.

A Tradição Taoista ensina que o tempo se transforma em 4 etapas e todos os que conhecerem as etapas, entenderão facilmente o momento certo para agir e criar uma situação favorável, assim como o momento para ficar quieto e guardar a sua luz.

Preste bastante atenção nesta imagem abaixo

 

 

Início: Quando se inicia algo, aparece uma energia jovial e criativa.

Auge: É o momento do apogeu, a energia no seu máximo.

Declínio: A energia ainda existe, mas começa a enfraquecer.

Recolhimento: A energia desaparece e já não consegue atuar na transformação.

Tudo que está no início, é natural ir para o auge; tudo que está no auge, é natural declinar; tudo que está no declínio é natural chegar no recolhimento. Tudo que se recolhe fatalmente terá um novo início.

Uma fruta tem o seu início: ela está verde; chega no auge: ela está madura; ela entra no declínio: começa a estragar; ela se recolhe: entra em total deterioração. Porém, dentro da deterioração sobra uma semente, que dá origem a um novo fruto, uma nova planta.

É possível observar as 4 fases em qualquer momento da sua vida.

Por exemplo, você está dando início ao curso taoista sobre transformações; vai chegar um momento em estaremos no auge do curso, depois vai começar a declinar e quando já estiver no final, esse curso se recolhe e acaba, dando início a outro estudo taoista.

Mas afinal, para que serve esse conhecimento?

Esse conhecimento serve para você perceber Como Está Cada Área da Sua Vida.

 

Quando uma pessoa tem uma vida fragmentada, a paz desta pessoa é quebrada. Uma pessoa pode estar no auge do trabalho, ganhando muito dinheiro, trabalhando muito, mas a sua família está no recolhimento.

 

Por trabalhar muito, não janta com a família, não aproveita os momentos juntos, não vê os filhos crescerem, etc. Talvez os amigos estejam no declínio, porque a pessoa não tem tempo para eles.

Tudo isto representa o tempo. Aconselho que você veja cada área da sua vida e em que momento elas estão. Quando você encontrar uma pessoa que não consegue sentir Felicidade na Vida, mesmo vivendo uma fase boa, é porque alguma área da vida dela está incompatível com o momento que ela deseja. 

I Ching Pessoal (Parte 2)

Conhecendo a sua Vida

 

Antes de avançarmos na construção do seu I Ching Pessoal, peço que você observe cada área da sua vida e identifique em qual fase ela se encontra. Responda cada pergunta com uma das respostas: Início; Auge; Declínio; Recolhimento.

Financeira: Como está o seu trabalho? Como estão os seus recursos financeiros?

Como está a sua sensação de realização profissional?

Atração de Pessoas: Como está a sua família? Como está a qualidade das pessoas que te cercam? Como estão os seus  relacionamentos sociais?

Saúde: Como está a sua disposição? Como está a vitalidade do seu corpo? Como está o seu fôlego? Como está o seu tempo de hobbie?

Emocional: Como está a sua paciência? Como está o seu nível de alegria? Como está a sua cota de felicidade? 

Espiritual: Como está a sua espiritualidade? Como está a sua criatividade? Como está o nível da sua doação?

 

Espero que você leve a sério esse exercício e reflita antes de responder. Isso mostrará como a transformação das coisas está agindo silenciosamente na sua vida. Faça e refaça sempre que achar necessário. Trabalhe a sua consciência e otimize o tempo.

O que fazer agora?

1- Depois que você respondeu as questões acima, verifique quais Áreas da Vida estão enfraquecidas (declínio ou recolhimento).

2- Pegue APENAS as áreas enfraquecidas e utilizando o conteúdo da aula 01, responda as seguintes perguntas: 

1- O que realmente eu quero com isso?

2- Por que isso é importante para mim? 

3- Quem pode me ajudar?

4- O que pode impedir que eu realize isso?

5- O que eu preciso abrir mão para que isso aconteça?

6- Que outras áreas da minha vida serão afetadas para que isso se realize?

Com essas respostas você encontrará QUAL ÁREA deu origem ao seu desequilíbrio, motivando a sua pergunta inicial da Aula 01. Na aula seguinte poderemos ver como conhecer a própria história de vida.

Resumindo a nossa aula de hoje:

- Ao perdermos o momento da mudança, sentimos que algo se torna repetitivo;

- O tempo tem 4 Fases: Início; auge; Declínio e Recolhimento;

- É possível observar as 4 fases em qualquer momento da nossa vida;

 

- Tendo uma vida fragmentada, a paz pode ser quebrada;

- Quando não sentimos Felicidade na Vida, alguma área da vida está incompatível com os sonhos;

- Observe cada área da sua vida e identifique em qual fase você se encontra;

- A transformação das coisas está agindo silenciosamente na sua vida;

- Trabalhe a sua consciência e otimize o tempo.

Na próxima aula eu vou mostrar como observar e compreender a própria história de vida, percebendo o caminho natural e espontâneo de cada ação a ser tomada.

Enquanto isso, deixe o seu comentário aqui abaixo, dizendo como você pretende modificar as áreas que você identificou como enfraquecidas